27 dezembro 2012

Mais uma vez, a incompetência da Oi e da Empresário Cobrança e Serviços

A Oi realmente quer me enlouquecer!!! Depois de tudo o que já aconteceu e de eu não ter recebido retorno nenhum da Oi, continuo a receber cobrança por telefone com uma mensagem gravada que me ameaça com inscrição em orgãos de proteção ao crédito e ao final me informa o 0800 647 01 40. 
No dia 20/12, ao sofrer nova cobrança por telefone nem retornei a ligação para o 0800 informado, pois já sei que não atendem naquele horário (quase 10 horas da noite). Liguei para o 10314, onde recebi o protocolo nº 20122286511644   e fui atendida pela Juliana que me transferiu para o Lucas. O Lucas me informou que a cobrança referente ao Oi Móvel contestada foi cancelada e que o único débito seria um saldo de cerca de 70 centavos (não me recordo o valor certo que ele me informou). Solicitei o envio da fatura e o rapaz disse que chegaria em 5 dias. Adivinhem: hoje é dia 27, ainda não recebi fatura alguma e ainda recebo cobrança por telefone. Agora a pouco, em torno das 22:10 recebo outra cobrança por telefone. Ao tentar retornar a ligação para o 0800 informado, dá sinal de ocupado.
Mais uma vez me deparo com a eficiência da empresa Empresário Cobrança e Serviços (veja AQUI) que parece programar as cobranças por telefone para horários em que a empresa não funciona, já que na minha casa tem gente o dia inteiro, mas é só a noite que recebemos cobrança.

12 dezembro 2012

Saiba como buscar indenização pelas horas que ficou sem energia elétrica



Os consumidores que se sentirem prejudicados pela falta de energia elétrica podem tentar cobrar o prejuízo da concessionária. Veja como isso pode ser feito:

Horas sem luz, ressarcimento automático na conta
Em tese, o ressarcimento pelas horas que o consumidor ficou sem luz não precisa ser solicitado. O valor correspondente deve ser automaticamente abatido no máximo nas duas contas seguintes. Graças a esse mecanismo, somente em 2012, as três maiores concessionárias de energia elétrica do Rio Grande do Sul (CEEE, AES Sul e RGE) tiveram de devolver mais de R$ 16,6 milhões aos consumidores devido a interrupções no fornecimento de energia.

Aparelhos eletroeletrônicos danificados
Em caso de queima de aparelhos elétricos, o consumidor deve apresentar uma reclamação diretamente à concessionária. Ele preencherá um formulário padrão, relatando o que aconteceu.

A partir da data do pedido de ressarcimento, a empresa terá prazo de até 10 dias corridos para inspecionar e vistoriar o equipamento danificado. Para os equipamentos que acondicionam alimentos perecíveis, como geladeiras, a vistoria deverá ser realizada em um dia útil a partir do pedido.

A partir da data da vistoria, a empresa terá prazo máximo de 15 dias corridos para informar ao consumidor, por escrito, sobre o deferimento ou não do seu pedido.

No caso de deferimento, a distribuidora pode efetuar o ressarcimento em moeda corrente, providenciar o conserto ou a substituição do equipamento danificado em até 20 dias corridos.

Se a decisão for de não pagar a indenização, o consumidor poderá apelar para a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Agergs). Se a decisão da Agergs também não for a esperada pelo cliente, ele poderá apelar diretamente para a Aneel.

Prejuízos diversos
Pedidos de indenização para os problemas causados pela interrupção à atividade comercial, perda de mercadores ou outros prejuízos decorrentes da falta de luz, em geral deve ser resolvidos com ações na Justiça. Os consumidores podem registrar os prejuízos em delegacias da Polícia Civil.

Atendimento pelo 0800
A concessionária tem obrigação de atender ao consumidor e o atendimento telefônico deve ser dimensionado para funcionar 24 horas, todos os dias da semana. Entretanto, a Aneel admite que, em casos de condições climáticas desfavoráveis, quando milhares de consumidores podem ficar sem energia ao mesmo tempo, pode ocorrer congestionamento dos ramais de atendimento. Nesses casos, a agência entende que as concessárias já estão informadas dos problemas e estão tomando as medidas necessárias para restabelecer o fornecimento no menor prazo possível.

Procons
Independentemente de recorrer às agência reguladores (Agergs e Aneel), os consumidores também poderá buscar seus direitos com os Procons.


Ineficiência cara

Além de consumidores insatisfeitos, as frequentes interrupções no fornecimento de energia elétrica têm custado caro para as concessionárias em multas e ressarcimento aos clientes pelos serviços não prestados. Veja quanto cada uma das três principais concessionárias de energia elétrica do Rio Grande do Sul já devolveu aos clientes em 2012:

CEEE
Total de compensações: 1.620.380
Valor das compensações: R$ 6.875.682,91

AES Sul
Total de compensações: 1.011.080
Valor das compensações: R$ 5.837.956,13

RGE
Quantidade das compensações: 968.879
Valor das compensações: R$ 3.907.943,42

Fonte: ZH

11 dezembro 2012

Diretoria de Relacionamento com Clientes da Oi - a incompetência vem de cima

Ontem recebi um e-mail que seria a "resposta" da reclamação feita pelo site. Só que a competentíssima Oi, invés de entrar em contato comigo, só me mandou um e-mail pedindo para que EU entre em contato pelos números 0800 2838 331 ou 08000 313 108 e solicite transferência para o setor de contas. O que acontece quando ligo para esses números:
 - Ao ligar para o  0800 2838 331 só dá sinal de ocupado;
 - Ao ligar para o 08000 313 108, uma mensagem gravada solicita que eu insira o DDD da minha cidade e o número do telefone, ao fazer isso ouço "Opção Inválida"

Ao final do e-mail está a famosa frase: Por favor não responda esse e-mail. Então eu digo para quem que nenhum dos dois números acima funciona?



Isso é alguma brincadeira da Oi????


08 dezembro 2012

E a novela da Oi continua...

Para quem está acompanhando a minha maratona com o eficientíssimo (??) atendimento da Oi (1ª parte, 2ª parte), disponibilizada a 3ª parte da novela:

Hoje, sábado, em torno das 16 horas, o telefone toca, adivinhem... uma mensagem gravada cobrando a tal fatura da Oi. Ao final da mensagem foi informado o nº 08006470140 para informações. Ao tentar retornar a ligação ouço uma mensagem informando que o horário de atendimento da empresário é apenas de segunda a sexta.

Como sei que pelo Facebook não há muita vontade em responder, por telefone nem pensar...então para quem reclamar?? No site a opção de atendimento por chat é só para quem tem senha. Procurei pela Ouvidoria e... pasmem... acho que a Oi nem deve saber o que é isso. procurei até no Google pela Ouvidoria da Oi mas não achei. Mas descubri um atendimento onde podemos enviar uma mensagem (sei, eu ainda sonho...rsrss). Enviei a segunte mensagem:

Faz dias que recebemos em casa uma fatura da Oi sendo que já faz quase 1 ano que não somos mais clientes. Passei uma verdadeira maratona tentando descobrir do que se tratava. Após várias mensagens não respondidas no Facebook, após várias tentativas de falar com o 1057 mas sem ser atendida, após uma reclamação no site Reclame Aqui também sem resposta, após reclamar para o Empresário pela falta de educação dos atendentes, após vários dias praticamente implorando, finalmente consegui falar com uma atendente da Oi e fazer a contestação da fatura. Recebi o protocolo 201200196038690 e um prazo de 10 dias para resposta. Ocorre que esse prazo vai encerrar segunda feira e ainda não recebi resposta. Mas a Oi não para de cobrar. E para completar ainda passo o fim de semana sendo cobrada por telefone por uma mensagen gravada que ao final me informa um 0800 para entrar em contato. Mas ao retornar a ligação ouço uma mensagem dizendo que o atendimento é só de segunda a sexta. Então para quê cobrar num sábado se não atendem sábado?? É só para estragar o noso final de semana?? Que tal se ao invés de ficarem nos cobrando uma cobrança indevida vocês dedicassem esse tempo a nos responder a contestação já feita e alguma das 1000 mensagens já enviadas pelo Facebook????

Após, uma mensagem confirmando o recebimento da minha mensagem:

Tá o prazo é até o dia 10, segunda, mas já estou ficando de saco cheio disso!! Como podem ser tão incompetentes, omissos, negligentes, mal educados... mas só na hora de nos cobrar eles são eficientíssimos??? 

Eu tenho alguma obrigação de, em pleno final de semana, ficar me estressando com cobrança indevida da Oi??? Poxa, era para estar descansando agora, curtindo o final de semana, mas estou aqui desesperada atrás de um canal de atendimento que esteja disposto a me atender. 

Tentei mais uma vez atendimento pelo Facebook:

E tentei usar aquele aplicativo "Oi Responde" e escrevi a seguinte mensagem:

Nunca vi tanta incompetência, descaso, omissão e falta de educação em um só lugar. Se eu fosse masoquista acho que até procuraria a Oi e contrataria algum serviço, mas não é o caso. Não é a toa que não somos mais clientes da Oi a quase 1 ano. Agora, de uma hora para outra a Oi resolveu me cobrar. Me nego a contar mais uma vez toda a história até porque acho que não conseguiria escrever tanto. Se quiserem (duvido) podem ler as 3 últimas postagens desse blog onde estou relatando a novela (http://seligaconsumidor.blogspot.com.br/). Se a Oi não me contatar até o dia 10, PROCON. Estou cansada de toda essa palhaçada. Vocês que cometem o erro e quem se estressa tem que ser eu?? Quem era para estar entrando em contato com alguém aqui, era vocês! Quem era para estar tentando conversar, era vocês! E não o contrário! Não entendo como uma empresa tão incompetente e omissa, seja tão ágil só na hora de ficar cobrando as pessoas. Queria ver essa agilidade toda na hora de atender os clientes e não clientes e na hora de solucionar os problemas e erros cometidos por vocês mesmos!

Mas na hora de enviar...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...